Tem uma história picante para contar? Registe-se grátis e participe | senha?          

Histórias picantes em português, conte a sua também  


quente & picante home  Contos Eróticos arrow Gay arrow Meu primo e eu na fazenda, o Começo 




ID: 336 | Conto erótico Verídico
Autor: Minero
Em Português de Brasil
Adicionado: 2010-11-25 10:46:47
Hits: 8298
Os contos eróticos de: Minero


9

Meu primo e eu na fazenda, o Começo





Boa tarde ai galera, tudo bem com vocês? Segue ai o meu conto de como foi a minha primeira vez com outro cara:

Quando tinha 18 anos, passava todo fim de semana na fazenda de meus avos, no sul de minas. Era uma enorme fazenda com um rio passando nos fundos. Meu avo trabalha com gado leiteiro e meus tios ajudam na ordenha das vacas. Meu primo que na época tinha 21 anos, morava com seus pais na fazenda e lidava com os trabalhos rurais também. Ele era, e é ainda muito lindo, musculoso e moreno queimado de sol. Nunca havia pensando em ter nada com outro cara. Eu tinha até uma namoradinha nesta época.
Em uma sexta-feira, lá pelas 4 horas da tarde do horário de verão, ele já havia acabado com suas obrigações e me chamou para ir na cachoeira dar um mergulho como de costume. Estava muito quente e sempre fazíamos isto. Fomos em apenas um cavalo. Fui em sua garupa. Na cachoeira, como de costume, nadamos de cueca, pois só estávamos nos 2 no local. Começamos a brincar de lutinha e a ver quem dava caldo no outro. Ele, com aquele corpo todo me prendeu em seus braços e me coxou muito apertado. Tentei me soltar mas não conseguia. Me afundou varias vezes. Eu estava colado em seu corpo. Por me mexer muito, senti seu pau endurecendo, roçando em minha bunda. Achei muito estranho. Com muito custo me soltei e sai da água. Deitei na pedra para me secar e quando olhei, ele estava se punhetando dentro da água. Senti um frio na barriga. Fechei os olhos e fiquei ali deitado.
Ele saiu da água bem quietinho e se deitou ao meu lado, pelado. Pegou minha mão e levou até seu pau. Que pau grosso e grande. Levei um susto mas fiquei na mesma posição de olhos fechados. Ele retirou meu pau da cueca, que já estava melado e começou a me punhetar. Achei estranho, esquisito mas fiquei ali com ele nesta brincadeira. Ouvimos um barulho de carro na estradinha logo acima e colocamos a roupa rapidamente. Resolvi ir embora. Estava confuso. Ele foi embora também e insistiu que eu fosse com ele a cavalo, já que era uma caminhada de 30 minutos pelas montanhas. Subi no cavalo e por mais que eu tentasse, não conseguia ficar sem encostar em seu corpo. Comecei a reparar em suas costas, em seus braços, em seu corpo e lógico meu pau ficou duraço. E ele ia muito devagar de propósito. Vendo que eu não falava nada ele falou:
-Relaxa, isto que aconteceu vai ficar entre nós 2 e se você não gostou, nunca mais encosto em você.
Fiquei quieto, não sabia se eu queria de novo.
Já na fazenda, a noite, todo mundo foi dormir, inclusive o Adriano, meu primo gostoso. Fiquei enrolando na beira do fogão de lenha para ter certeza que Adriano estava dormindo pois eu sempre dormia no quarto dele, só que em camas separadas.
Entrei no quarto bem quietinho, fechei a porta e me deitei na minha cama, segurando até a respiração. Mas não adiantou nada. Ele estava me esperando, pelado. Senti que ele estava na minha cama. Me deu um frio e um tesão que nem tenho como explicar. Ele se deitou em cima de mim e encostou seu rosto em meu peito. Sua respiração estava ofegante, e a minha nem preciso falar né? Encostei a mão em seu rosto e sentir aquela barba por fazer foi de mais. Acariciei seu rosto e ele para retribuir, beijava meu pescoço, meu peito...De repente ele sobe a começa a me beijar intensamente. Nossas bocas se fundiram em um beijo que me arrepiou inteiro. Suas mãos percorriam meu corpo tão intensamente que estava me dando choques de prazer. Deslizei minhas mãos em suas costas, em seu corpo. Tive a certeza que gostava de homens ao sentir seu rosto e sua barba roçando no meu pescoço. Me entreguei. Ele desceu pelo meu corpo beijando até encontrar meu pau e cair de boca. Chupou com muita vontade, passava a língua me arrepiando. Pediu para me virar. Virei e ele descobria todo meu corpo com a boca. Dos pés ate minha nuca. Quando passou a língua no meu cu pedi que não parasse. Quando mais lambia meu cu, com mais vontade de de senti-lo dentro de mim eu fiquei. Foi subindo pelas minhas costas até beijar minha nuca e atraz de minhas orelhas. Seu pau de 19 cm e grosso foi encaixando na minha bunda que já estava toda molhadinha. Seus beijos em minha nuca me fizeram arrebitar a bunda e desejar seu pau que foi entrando tão devagarzinho que pode sentir cada centímetro rasgando meu cu. Me abraçou me apertou e metia com toda vontade e falou;
-To esperando este momento já faz muito tempo. Quero você todo dia. Quero ter você e você me ter.
Me colocou de quatro e meteu, enlouquecidamente. Sentia dor misturado com tesão. Que momento. Que tesão.
Queria come-lo também. Pedi tanto que ele topou. E enfiei meu pau com tanto cuidado nele e bem devagar que ele rebolava. Grudei em seu corpo, abracei e o apertei. Pedi para que isto acontecesse todo dia. Queria te-lo. Queria come-lo, queria dar para ele todo dia.
Pediu para que eu sentasse em seu pau para que ele pudesse me punhetar e gozar. Nussa....deitei sobre seu corpo com seu pau atolado em meu cu e ele me punhetando. Não agüentei de tesão e gozei como nunca tinha gozado antes. Ele sentindo meu tesão gozou dentro de mim. Senti meu cu enchendo de porra quentinha. Que tesão.
O filho da mãe me segurou nesta posição e pediu para que eu ficasse assim com ele por mais um instante até seu pau amolecer dentro de mim. Nussa...me acariciava, me beijava, me apertava. Passei a amar meu primo, seu pau e sua bunda.
Ficamos nesta uns 2 anos até ele se casar e mudar de cidade. Encontrei com ele no fim de ano de 2009 e nos pegamos mais um vez no pomar da fazenda. Foi mais intenso, mais gostoso e muito mais amoroso. Mas esta é uma outra historia que posso contar se vocês quiserem.
Sou o Minero, tenho 25 anos e meu msn é
Sou tranqüilo, homem de verdade e quero encontrar um cara para viver bons momentos juntos.




Este conto erótico é picante? ... Vote aqui este conto erótico.
Votar agora:  
0


comentários & perguntas ... Aqui pode deixar o seu comentário. O autor será notificado.

  

 
#1 Bruce W 2010-12-16 01:02 Muito bom, mas ficaria melhor se você detalhasse a transa em si. Mas pode continuar, tá muito bom.
 

quer comentar este conto erótico ou enviar uma mensagem ao autor?

registe se aqui, é rápido e grátis!

apenas utilizadores registados podem entrar em contacto com os autores.




Reportar abuso (Conto erótico / Comentário / SPAM) tooltip


RSS Feeds


 

boca pernas mulher bunda marido prazer homem gostoso gozar gostosa buceta porra seios sexo esposa cacete banho bucetinha chupar anal puta linda amigo boceta enorme rabo putinha chupava quente amiga bundinha beijo corno rola vara gozei amor macho desejo grosso virgem mulheres encontro vagina menina xaninha caralho orgasmo fantasia casal namorada bocetinha gemidos enfiar beijar lamber pescoço molhada rapaz peitos cueca maravilhosa surpresa gozando foda enfiava transar chupei papai xoxota esperma foder rabinho gemer sogra cunhada cusinho putaria ejaculação cona putas puta casada xupando vagininha xixizinho velhote


   
Facebook, Página, Pimentinha, Grupo, Chat quente ...
 
Encontros online com webcam & messenger... O chat mais quente na Net
Envie o seu conto erótico aqui
contos heterosexuais
contos bisexuais
contos de gays
contos de lésbicas
contos de travestis
contos de masturbação
contos bizarros & de fétiche
contos de sado-masobdsm
contos de orgiasexo em grupo
contos de teens18 anitos
contos de zoofilia4 patasanimais
contos no trabalho
contos de traição & viganças
outros contos eróticos


pesquisar:




Categoria
Tipo
Português de
Autor

 






O Quente & Picante é um Portal / Directório de anúncios classificados de acompanhantes profissionais, agências escort, móteis, serviços relax, lingerie, clubes striptease, sex shops, saunas gay, contos eróticos, encontros online, anúncios gay, lésbicas e travesti. Anúncios Classificados destinados exclusivamente a adultos. No Quente & Picante, encontre amor, sexo, flirt e amizade. O Quente & Picante não se responsabiliza pela veracidade dos conteúdos. Todas as fotografias, textos e contactos são da autoria e da responsabilidade dos próprios anunciantes.

É expressamente proibido o acesso a este website a menores de 18 anos de idade.

Não tem 18 anos? clique aqui para abandonar o site.

© 2014 Quente & Picante - Contos Eróticos | 19-Sep-2014

Termos & Condições | webmaster









 
Clique aqui para falar com um operador do Quente & Picante